in , , ,

LoveLove

Mês da Visibilidade Bissexual será celebrado com o Festival Bi+

bissexual

Em 1999, três ativistas bissexuais dos Estados Unidos criaram o que hoje conhecemos como o Dia da Visibilidade Bissexual, comemorado anualmente em vários lugares do mundo. É uma data afirmativa extremamente relevante pois pessoas bissexuais ainda sofrem bifobia por parte da sociedade e muitas vezes dentro da própria comunidade LGBT+.

Constantemente sendo invisibilizados e tendo suas subjetividades invalidadas e postas em questionamento, bissexuais de todo os países levantam suas bandeiras para legitimar sua existência e desconstruir esses preconceitos.

+ Bafo: Burger King e McDonald’s se beijam em campanha LGBTI+

+ Gay e descendente indígena, modelo faz sucesso divulgando o cotidiano em reserva onde mora

+ Santa Catarina cria lei que proíbe questionar orientação sexual em entrevista de emprego

Para afirmar e celebrar o orgulho bissexual em 2020, a Frente Brasileira Bissexual, formada por coletivos bissexuais e militantes independentes, organizam a primeira edição do Festival Bi+, um evento 100% online com apresentações musicais, literárias e outras formas de arte protagonizada por artistas bissexuais.

Com objetivo de projetar a voz e a arte de pessoas bissexuais, o Festival Bi+ contará com aproximadamente 8 horas de atrações ininterruptas, e está com uma campanha de arrecadação no Catarse para viabilizar acessibilidade em LIBRAS para toda a programação. Apesar da Frente reunir ativistas e coletivos de quase todos os cantos do país, isso não é suficiente para garantir a construção de um evento verdadeiramente plural e acessível.

Todos os organizadores e artistas participantes estão envolvidos de forma voluntária na construção do Festival Bi+ pelo ativismo e visibilidade das pautas bi. A campanha de financiamento coletivo tem o objetivo específico, portanto, de angariar recursos para o impulsionamento amplo do evento e remuneração do trabalho de intérpretes de LIBRAS na programação.

O Festival Bi+ possui caráter antirracista, trans aliado, feminista interseccional, anti-capacitista e diverso regionalmente. A programação será transmitida no canal do Youtube da Frente Bissexual Brasileira a partir das 15h (horário de Brasília).

Youtube da Frente Bissexual Brasileira    
http://bit.ly/FBB_Youtube

Campanha de Financiamento até 20/09 
https://www.catarse.me/festivalbi

A FRENTE BISSEXUAL BRASILEIRA 

A Frente Bissexual Brasileira foi criada a partir do encontro de coletivos bissexuais e ativistas independentes de diversas regiões do país realizado em 28 de junho de 2020, como atividade em referência ao dia internacional do Orgulho LGBT.

O objetivo é disseminar a pauta da monodissidência (pessoas que se atraem física e/ou afetivamente por mais de um gênero) em todas as regiões do país. A Frente pretende articular ações de ativismo bissexual conjuntas, assim como se manter em constante comunicação a respeito do que vem sendo feito em âmbito local e regional em todo o Brasil no recorte da bissexualidade. A Frente se posiciona como um movimento anti-racista, trans aliado, anti-capacitista e feminista interseccional.

A Frente Brasileira Bissexual está composta por dezenas de militantes independentes de diversas regiões do país e pelos seguintes coletivos:

Bi-Sides (SP) / @coletivobisides

Bisibilidade (RJ) / @bisibilidade

Coletivo Amora (RS) / @amoracoletivo

Coletivo BIL (MG) / @coletivobil

Combi (SC) / @combisc

Frente Bi de BH (MG) / @frentebi-bh

Frente Bi (PI) / @frentebipi

Maria Quitéria (PB) / @maria.quiteria.pb

MovBi (PB) / @movbi

Vale PCD (PB) / @pcdvale

Visibilidade Bahia (BA) / @visibilidadebissexualba

Redes Sociais
https://www.facebook.com/frentebibr/
https://www.instagram.com/frentebissexualbr/
http://bit.ly/FBB_Youtube

Vila Galé – Fortaleza

Escrito por alexbernardes