in

Inclusão de pessoas LGBTQI+ é tema do Festival Lab.5D promovido pela Vitesse.Lab

inclusão de pessoas lgbtq

Inclusão de pessoas LGBTQI+  é um dos temas abordados pelo Festival Lab.5D que acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de setembro. Serão cinco experiências por vídeo chamada ao vivo, conhecidas por masterclasses, que serão conduzidas por especialistas que, nesse evento, são denominados de “manjadores”.

Com esse propósito, a Vitesse.Lab, que é uma plataforma coletiva focada em inovação a partir da experiência de aprendizagem horizontal, já realizou experiências para grandes empresas e instituições de forma inovadora. Com abordagens variadas, os encontros se propõem a debater diferentes aspectos que envolvem e discutem sobre diversidade, inclusão trans, ancestralidade afro-brasileira e economia consciente, entre outros temas.

Confira os 14 filmes da 5º edição do Festival Internacional de Cinema LGBTI

Diversidade e inclusão LGBTI+ são temas de seminários em Curitiba

Diversidade LGBT+ na comunicação: Precisamos falar sobre isso

De acordo com Beto Siqueira, um dos idealizadores da iniciativa e fundador da Vitesse.Lab, o festival ocorre em sintonia com uma real necessidade da sociedade por mudanças. “Hoje, o mundo está clamado por outras possibilidades e olhares para que a gente possa, por meio dessa nova forma de ver as coisas e desses encontros on-line, termos insights criativos de como sair dessa situação que o próprio ser humano se colocou depois de 2020 anos de uma cultura perniciosa para si mesmo”, diz.

Enquanto elemento facilitador, o festival proporcionará cinco experiências, sendo que cada uma delas terá três horas de duração e será dividida em dois blocos (um temático e um interativo), nos quais o conteúdo será apresentado de forma dinâmica com os participantes. “Esses encontros, embora inspirados na vivência laboratorial em que tudo é testado, não terá limitações para que as pessoas também possam aprender com os próprios erros. Essa troca de conhecimentos com embasamentos práticos deve contribuir para estimular mudanças de valor com base no acolhimento, gerando relações interpessoais significativas e inovadoras que impactem no autoconhecimento e na forma como os indivíduos se relacionam com o entorno. Aqui na Vitesse.Lab acreditamos em experiências de aprendizagem horizontal e que, por meio da escuta e da troca, podemos aprender a ser mais flexíveis”, afirma Thays Mendes, cocriadora do Festival Lab.5D.

Trans.pondo Ideias

#transformaateoquejesusnãotransforma

4/9 – 19h19 às 22h22

Dirige-se a todos que saibam da necessidade de uma melhor inclusão de pessoas LGBTQI+, seja no âmbito pessoal ou profissional, mas que ainda não conhecem as formas mais adequadas e respeitosas para criar ambientes mais diversos.

O que os participantes vão levar dessa experiência: ferramentas para construir a partir da desconstrução, olhar diverso sem medo de se descobrir e comunicação inclusiva para ser colocada em prática.

Do que os participantes vão se livrar: preconceitos retrógados que não combinam mais com a atualidade, certezas construídas pelas barreiras do imaginário normativo e papéis preestabelecidos pela sociedade.

Quem manja do assunto: Valéria Barcellos, que é cantora, atriz, escritora, ativista das causas de inclusão de pessoas LGBTQI+.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/masterclass—transpondo-ideias–transformaateoquejesusnaotransforma__922229

 

Abre Caminho

#respeitoediversidade

5/9 – 13h13 às 16h16

Uma introdução ao estudo das narrativas africanas e afro-brasileiras para contribuir na expansão dos conceitos de diversidade e respeito intercultural por meio de tecnologias ancestrais presentes nos legados negro-africanos. Dirige-se a todos que reconhecem a importância de uma sociedade mais igualitária, mas que ainda não possuem as ferramentas para uma melhor compreensão de referências dessas outras narrativas.

O que os participantes vão levar dessa experiência: novas perspectivas para o reposicionamento conceitual e prático nas convivências pessoais e profissionais, valorização da africanidade como elemento fundamental da construção cultural brasileira, ferramentas para elaboração de narrativas afro-referenciadas e fortalecimento dos afetos e vínculos.

Do que os participantes vão se livrar: mitos sobre democracia e equipe racial, olhar preconceituoso em relação à cultura afro-brasileira, perspectivas reducionistas sobre a oralidade, distanciamento das africanidades que tiveram sua importância diminuída ao longo dos anos na sociedade brasileira.

Quem manja do assunto: a escritora, educadora e arte terapeuta Kemla Baptista.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/masterclass—abre-caminho-respeitoediversidade__918175

 

O Futuro do Consumo Consciente

#naosousuablogueira

5/9 – 17h17 às 20h20

A ressignificação das relações de consumo por meio de uma abordagem da Economia Espiral. Com as mudanças do cenário atual de pandemia os conflitos entre o sistema mercadológico e o bem-estar coletivo e individual, um outro caminho aponta para a construção de relações mais verdadeiras e conscientes com produtos e serviços.

O que os participantes vão levar dessa experiência: ferramentas de fomentação de uma nova economia, recursos para recriar a comunicação alinhada com os novos tempos, estratégias inovadoras de design de produto e consciência social.

Do que os participantes vão se livrar: manipulação do mercado, impulsos consumistas desenfreados, reprodução e reforço de mecanismos de capital danosos para o coletivo.

Quem manja do assunto: Beto Siqueira.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/masterclass—o-futuro-do-consumo-consciente-naosousuablogueira__918063

 

Saberes Periféricos- Deixa a Perifa Ensinar

#pluralidade

6/9 – 13h13 às 16h16

Um convite à prática do pensamento diverso por meio da compreensão de lógicas descentralizadoras para absorver outras realidades por meio do afeto. Dirige-se, particularmente, aos que desejam atuar para mudar as estruturas de dentro para fora ou de fora para dentro.

O que os participantes vão levar dessa experiência: aprender a ouvir diferentes trajetórias com afeto, relação sustentável da diversidade, insights para pensar novos modelos organizacionais e melhores formas de se relacionar em rede.

Do que os participantes vão se livrar: armadilhas da síndrome do impostor para afirmar contextos, medo de ser autêntico na sua atuação e de falar de diversidade e olhar colonizador.

Quem manja do assunto: a comunicadora Gabi Neves e a fotógrafa Bruna Bento.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/masterclass—saberes-perifericos—pluralidade__922205

 

Turbo Flex – Liderança com Flexibilidade

#gegirbemparagerarbem

6/9 – 17h17 às 20h20

Em discussão, os benefícios de uma gestão que não precisa segurar rédeas. Para isso, os participantes irão se aprofundar em conhecimentos ancestrais da cultura índigena, bebendo, igualmente, da fonte da psicanálise para obter ferramentas que possibilitem adquirir maior autonomia e uma visão multidisciplinar mais ampla. Entre os temas, construção de ambientes de trabalho com menos rivalidades, desconstrução de posições de liderança a partir da absorção de conhecimento de fontes diversificadas, exercício de liderança como meio catalizador de potências individuais na criação de ambientes mais criativos e processos de adoecimento nas empresas e em seus líderes, entre outros.

O que os participantes vão levar dessa experiência: ferramentas de aspectos sensíveis para engajar equipes, tradições que redefinem o futuro, compreendimento da autonomia e relevância nas mudanças para a construção de novas realidades e valores alinhados com aspectos mais humanos.

Do que os participantes vão se livrar: hábitos de gestão controladores que causam desconfortos e distanciamento, olhar pragmático a respeito do conceito de doenças da sociedade e heranças eurocentradas da relação com o trabalho.

Quem manja do assunto: Bemok Kayapó (líder indígena) e a psicóloga Maira Rio Branco.

Inscrições: https://www.sympla.com.br/masterclass—turbo-flex-lideranca-com-flexibilidade-gegirbemparagerarbem__922242

Fórum de Turismo LGBT Top

Escrito por alexbernardes