in ,

Fernando de Noronha reabre para turistas, mas apenas para quem já teve Covid-19

Fernando de Noronha
Foto: Divulgação Love Noronha

Às vésperas do feriado de 7 de Setembro – considerado pelos pernambucanos uma abertura extraoficial do verão, e que costuma levar muita gente às praias – o comércio na faixa de areia do Recife e dos municípios dos Litorais Norte e Sul voltou a ser permitido a partir desta segunda-feira, 31 e agosto.

A chegada do período de sol e calor aquece também o turismo em Pernambuco, que já iniciou a retomada gradual das atividades, com protocolos de segurança.

+Visit Britain divulga campanha Love Is Great em ativação durante o Love Noronha 2019

+Hell and Heaven cancela a cruise edition 2020 e divulga nova data para 2021

Gay e descendente indígena, modelo faz sucesso divulgando o cotidiano em reserva onde mora

Entre as principais novidades do Plano de Convivência com a Covid-19, além da volta do comércio nas praias, está a autorização para o retorno das atividades de museus e espaços de exposições e a reabertura do Arquipélago de Fernando de Noronha, um dos destinos indutores do turismo em Pernambuco, a partir de 1º de setembro.

Já a Ilha de Fernando de Noronha dá um primeiro passo importante para a retomada do seu turismo. Inicialmente, podem viajar para o arquipélago turistas que tiveram diagnóstico de Covid-19 e já estão comprovadamente curados.

Dentre os documentos exigidos para o visitante, está a apresentação do exame RT-PCR positivo realizado há mais de 20 dias, ou do exame sorológico (IgG) positivo, que indica a presença de anticorpos ao novo coronavírus. Os exames devem ser encaminhados à Administração da Ilha, assim como o comprovante de pagamento da Taxa de Permanência (TPA), por meio do site https://www.sounoronha.com/.

Fernando de Noronha se tornou um dos destinos favoritos dos turistas LGBT+ no Brasil desde que foi realizado na ilha o festival Love Noronha. O evento anual organizado pela empresária Maria do Céu trouxe a pauta LGBT+ para Noronha, e desde então, pousadas e atrativos têm se capacitado para receber a esse perfil de turista com todo cuidado e respeito possível.

Ativista pela causa LGBT+ em Pernambuco e uma das organizadoras da Parada do Orgulho LGBT do Recife, Maria do Céu também é famosa por ser proprietária do Clube Metrópole em Recife, além do Bar do Céu, Miami Pub.

“O Governo do Estado leva em conta sempre a saúde da população, então todas as atividades liberadas seguem rígidos protocolos de segurança. Tudo está sendo feito com muito cuidado. Aos poucos, estamos recompondo nossa malha aérea, que foi bastante afetada, mas mesmo assim seguimos com o Aeroporto do Recife sendo o maior do Nordeste. A volta do comércio na faixa de areia é uma notícia que era muito esperada. Estamos dando passos importantes para o crescimento na atividade econômica de Pernambuco”, salienta o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

E para saber todas as demais atividades do Estado que já foram autorizadas e seus protocolos é só acessar o site www.pecontracoronavirus.pe.gov.br.

Vila Galé – Fortaleza

Escrito por alexbernardes