in , , ,

Confirmada a participação da Argentina no Fórum de Turismo LGBT do Brasil 2020

Forum de Turismo LGBT do Brasil Argentina

O Instituto de Promoção Turística da Argentina (Inprotur), confirmou a participação da Argentina na 4º edição do Fórum de Turismo LGBT do Brasil. Com formato 100% online, o evento que estava marcado para junho, foi adiado por conta da pandemia, e será realizado entre os dias 23 e 27 de novembro.

O workshop apresentando as atrações turísticas do país será divido por Natalia Pisoni e Mercedes Blasi, da Inprotur, e Pablo De Luca, presidente da Câmara de Comércio LGBT da Argentina.

+ Argentina prevê próximas etapas de reabertura e aposta no Brasil

+ MS confirma participação no Fórum de Turismo LGBT do Brasil 2020

+ Israel LGBT+: País confirma participação no Fórum de Turismo LGBT do Brasil 2020

Para Natali Pisoni, coordenadora de mercado da Inprotur, o Fórum de Turismo LGBT é uma excelente oportunidade para mostrar ao mercado brasileiro tudo o que a Argentina tem a oferecer aos turistas LGBT.

“Sem dúvidas o nosso país é um dos destinos mais atraentes para os viajantes LGBT, dentro da oferta global atual para os turistas desse coletivo. As razões são muitas: a natureza, a cultura, a oferta gastronômica e caminhos do vinho. No entanto devemos destacar o papel pioneiro na região com mais de uma década de trabalho em conjunto do setor público e privado constante na promoção dos seus destinos e oferta, em cada um dos mercados internacionais prioritários para o nosso país, junto com uma história de conquistas em termos legislativos que igualaram os direitos do coletivo LGBT. Por isso, acredito na importância de participarmos pela segunda vez consecutiva desse evento que ser tornou uma referência no setor de turismo brasileiro, “ afirmou Pisoni.

Fórum de Turismo LGBT do Brasil Argentina
Natalia Pisoni – Coordenadora de mercado da Inprotur

Argentina LGBT

Desde 2005 a Argentina começou a trabalhar nos principais mercados turísticos do mundo no posicionamento como um destino que recebe de braços abertos os viajantes do coletivo LGBT, fundamentalmente promovendo a cidade de Buenos Aires nessa época, primeira e única cidade da América Latina em promulgar uma lei de União Civil para pessoas do mesmo sexo.

A partir de 2010, com a lei de Matrimônio Igualitário de alcance federal, e de 2012, com a Lei de Identidade de Gênero, a Argentina  promoveu deus destinos internos não apenas na forma tradicional, mas também com fatos que mudavam a vida de seus cidadãos, estendendo os novos direitos civis a cada turista que pisasse o solo argentino sem distinção de orientação sexual. O país foi o primeiro da América Latina, 10° a nível global, e 2° depois do Canadá em todo o território americano em reconhecer estes direitos para quem habita e para quem nos visita.

Para Pablo De Luca, presidente da Câmara de Comércio LGBT da Argentina, a participação no Fórum de Turismo LGBT do Brasil é um reforço do compromisso que o país tem com a comunidade LGBT.

“A  Argentina já demonstra por mais de dez anos um grande compromisso com a comunidade LGBT, sendo modelo de país líder internacional na promoção de seu território como um destino turístico, tanto para a comunidade local e internacional, graças às suas leis, ao respeito e à segurança no segmento. E a nossa participação no Fórum de Turismo LGBT do Brasil só reforça esse compromisso, “ finaliza de Lucca.

Fórum de Turismo LGBT do Brasil Argentina
Alex Bernardes, do Fórum de Turismo LGBT do Brasil, entre Pablo de Luca e Gustavo Noguera, da CCGLAR

Sobre o Fórum de Turismo LGBT do Brasil 2020

O Fórum de Turismo LGBT do Brasil 2020 será realizado entre os dias 23 e 27 de novembro. O evento será gravado com antecedência e dividido em cinco programas de uma hora. Os programas serão lançados diariamente de forma simples para que os profissionais possam assistir quando quiserem.

Os programas serão divididos em dois blocos. O primeiro bloco será um painel sobre temas atuais discutidos por profissionais do setor, e o segundo bloco será dedicado a workshops de destinos LGBT friendly nacionais e internacionais que divulgarão seus atrativos para o turista LGBT.

Para garantir uma boa audiência, o evento traz em 2020 uma programação com muito foco em conteúdo. Temas importantes e atuais serão discutidos por grandes nomes de suas áreas, seguidos de workshops trazidos pelos melhores destinos turísticos para o público LGBTI+ da atualidade.

Os programas da edição 2020 do Fórum de Turismo LGBT do Brasil poderão ser assistidos através das plataformas digitais do Jornal Brasilturis, mais tradicional mídia brasileira focada no trade de turismo, com 40 anos de mercado, e também pelas plataformas digitais da Revista ViaG, publicação de turismo LGBT, responsável pela realização do evento. A ideia deste ano é atingir tanto aos profissionais do turismo, como também ao público final que irá consumir os destinos divulgados.

O Fórum de turismo LGBT do Brasil 2020 conta com os patrocínios de Greater Fort Lauderdale CVB, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, R1 Soluções Audivisuais, Colômbia, Visit Argentina, Ministério do Turismo de Israel no Brasil, Pullman Hotel Vila Olímpia, Tap Air Portugal, CC Hotels, e Miami CVB. O evento ainda conta com os apoios institucionais da Associação internacional de turismo LGBT (IGLTA),  Associação Latino Americana de Agências de Viagens Corporativas (Alagev), Abav São Paulo, Visit São Paulo e Fórum de Empresas e Direitos LGBT.

Serviço:

Confira todos os detalhes no portal do evento – https://forumdeturismolgbt.com.br/

Youtube Revista ViaG – https://www.youtube.com/user/revistaviag

Youtube Brasilturis – https://www.youtube.com/channel/UCVUNfeBT77sjeD0kOEh8mzg

Fórum de Turismo LGBT Top

Escrito por alexbernardes