in ,

LOLLOL LoveLove

Comunidade LGBTI+ da Polônia ganha apoio do Parlamento Europeu

Comunidade LGBTI+
Fotos: Zdravko Cimbaljevic

Na tarde desta quarta-feira, 16 de setembro, cerca de 32 deputados, membros do Parlamento Europeu se vestiram com as cores do arco-íres em protesto de apoio a comunidade LGBTI+ da Polônia.

O país, considerado um dos mais conservadores e atrasados da Europa, tem intensificado seus esforços em perseguir membros da comunidade LGBTI+ desde que o atual presidente Andrzej Duda foi reeleito em Junho deste ano. Durante sua campanha ele chegou a dizer que o movimento LGBTI+ de uma “ideologia” mais perigosa do que o comunismo.

Comunidade LGBTI+ da Polônia
Fotos: Zdravko Cimbaljevic

Em junho, mais de 100 cidades da Polônia se declararam oficialmente zonas livres de LGBTI+. O fato revoltou alguns países da Comunidade Europeia que chegaram a interromper seus negócios com as cidades em questão.

+ Direitos LGBT: governo argentino cria cota que favorece transexuais, travestis e transgêneros

+ União Homoafetiva: Saiba quais são os direitos e deveres

+ Por homofobia Latam expulsa passageiro de voo

Nesta segunda, 14 de setembro, o governo conservador da Polônia foi criticado no Parlamento Europeu, onde alguns legisladores pediram que ele perdesse o financiamento da União Europeia devido ao seu histórico de império da lei e à estigmatização das pessoas LGBTI+.

O parlamento estava discutindo um novo relatório sobre direitos fundamentais na Polônia, preparado por Juan Fernando Lopez Aguilar, um legislador espanhol que chefia o Comitê de Liberdades Civis, Justiça e Assuntos Internos.

Comunidade LGBTI+ da Polônia
Fotos: Zdravko Cimbaljevic

Aguilar disse aos legisladores que a Polônia parece estar se distanciando dos valores fundamentais europeus e chamou a situação de “extremamente preocupante”. O relatório será votado na quinta-feira, 17 de setembro. A Polônia tem sido repetidamente examinada no parlamento da União Europeia desde que o conservadorismo nacionalista Lei e Justiça assumiu o poder em 2015.

Nos últimos meses, os direitos LGBTI+ têm sido um novo foco, pois os políticos poloneses vêm retratando o movimento por maiores direitos para lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros como uma perigosa “ideologia” que ameaça a identidade tradicional da nação amplamente católica.

Comunidade LGBTI+ da Polônia
Fotos: Zdravko Cimbaljevic

Axel Miami – Banner

Escrito por alexbernardes