in ,

Argentina celebra 10 anos da lei do Casamento Igualitário

Argentina

Em comemoração ao décimo aniversário da promulgação da Lei do Casamento Igualitário, o prédio do Parlamento Nacional argentino foi iluminado desde a meia noite desta terça-feira, 14 de julho, nas cores do Orgulho LGBTI+.

+Buenos Aires será palco da 12º Edição do GNETWORK 360 acontece na próxima semana

+Aerolíneas Argentinas firma compromisso com a comunidade LGBT+

+Visual Turismo aposta no segmento LGBT+com produtos direcionados

A celebração deste evento histórico em nível nacional e internacional também ocorrerá em outros edifícios conhecidos de Buenos Aires: Usina del Arte, Palácio Lezama, Planetário e Torre Monumental, onde será exibida a bandeira da comunidade LGBTI+. Já na  Praça do Congresso, Monumento ao Espanhol, Floralis Generica e Puente de la Mujer, as cores serão alternadas. As calçadas para pedestres na Av. Entre Rios e as esquinas das ruas Rivadavia e Yrigoyen também estão simbolicamente coloridos com os mesmos tons.

Argentina
Planetário

A Lei da Igualdade de Casamento foi aprovada na Argentina em 15 de julho de 2010. Essa lei tornou a Argentina o primeiro país da América Latina e o décimo do mundo a consagrar a extensão do casamento a pessoas do mesmo sexo. Nas redes sociais, o Presidente Alberto Fernandez também celebrou a data.

Em nota, o presidente da Câmara de Comércio LGBT da Argentina, Pablo de Luca, comentou:

“15 de julho marcou um antes e depois no caminho da equalização de nossos direitos como coletivo, e também marcou um antes e depois no posicionamento e reconhecimento que a Argentina vem colecionando ao longo da última década na comunidade LGBTQ. da região e internacionalmente.“

Vila Galé – Fortaleza

Escrito por alexbernardes