in ,

Visual Turismo aposta no segmento LGBT+com produtos direcionados

Visual Turismo

A Visual Turismo, uma das mais tradicionais operadoras de turismo do Brasil decidiu apostar no segmento LGBT+. A operadora associou-se à IGLTA ( Associação Internacional de Turismo LGBT+) e passa a oferecer, à partir dessa semana,  pacotes de viagens que contemplam destinos, produtos e atrações classificados como LGBT friendly.

Os primeiros pacotes incluem destinos como Porto de Galinhas, Rio de Janeiro, Cambará do Sul e Porto Alegre, Riviera Maya, Miami com Axel hotel, cruzeiros da Costa Cruzeiros e casamentos a bordo.

+Tel-Aviv: capital gay do Oriente Médio promove a 18ª edição da Parada Gay

+Puerto Vallarta ganha destaque como destino gay friendly

+Pride Fort Lauderdale acontece de 21 a 24 de fevereiro; confira

Os produtos estarão disponíveis à partir do dia 14 de julho nos sistemas da operadora. O objetivo é que agentes de viagens que atendem esse perfil de turista tenham produtos especializados e focados para oferecer aos seus clientes LGBT+.

Para Luciano Guimarães, diretor executivo B2B CVC Corp, empresa proprietária da Visual Turismo, a aposta no segmento LGBT+ é positiva e vem em um momento importante.

“Visual Turismo, nos seus mais de 34 anos de história, sempre teve o compromisso de apoiar à diversidade e trabalhar para o desenvolvimento do turismo, trazendo as melhores negociações na formatação dos produtos aos agentes de viagem, principalmente agora, com a retomada do turismo. Já é sabido que o turismo LGBT é um segmento bastante promissor no mundo e no Brasil o cenário não é diferente. ”

Visual Turismo
Luciano Guimarães, Diretor B2B da Visual Turismo

Ainda, segundo Guimarães, a empresa está se preparando internamente para oferecer esse perfil de demanda, oferecendo treinamentos e atendimento personalizado.

“O primeiro treinamento na terça-feira, dia 14 de julho, dia do lançamento da iniciativa junto a IGLTA.  Posteriormente faremos uma agenda de treinamentos com os agentes, pontualmente. A Visual Turismo já é uma operadora que atua com um modelo de atendimento personalizado e customizado, o que nos favorece no atendimento desse nicho com excelência “.

Perguntado se a pandemia acelerou a decisão da Visual em apostar no semento LGBT+, o executivo respondeu:

“Já era uma vontade da Visual trazer produtos para a comunidade LGBT, mas acreditamos que a retomada, juntamente com os índices que a busca de viagens tem junto a esse público, será uma alavanca a mais.  O nicho LGBT é o primeiro selo de vários que a empresa tem em sua estratégia e planejamento junto ao mercado”.

Os produtos serão promovidos através dos agentes de viagens com peças de comunicação e hotsite com as informações dos produtos. O hotsite já está no ar e pode ser acessado aqui

Clovis Casemiro, coordenador da IGLTA no Brasil comemorou a adesão da Visual à associação.

“Uma das principais missões da IGLTA como associação é contribuir para o desenvolvimento do mercado de Turismo LGBT. Termos a Visual Turismo como membro é fundamental para ligarmos os vários negócios dos agentes parceiros com os destinos, empresas aéreas, hotelaria, receptivos, que darão uma ótima experiência aos turistas LGBT brasileiros “.

A Visual Turismo é uma empresa que faz parte do grupo CVC Corp, juntamente com outras gigantes do mercado de turismo como a própria CVC, Trend Operadora, Rextur Advance, Experimento, Submarino Viagens, Alamundo, Esferatur, Biban Group e Ola Viagens e Turismo. Segundo a revista Isto e Dinheiro, o faturamento da companhia foi de R$13,26 bilhões em 2018.

Festuris 2020

Escrito por alexbernardes