in

Museu da Diversidade Sexual lança exposição “Todos Podem Ser Frida”

"Todos podem ser Frida"
Com início no dia 12 de novembro, projeto “Todos Podem Ser Frida” homenageia Frida Kahlo e permite que o visitante se transforme na artista para ter sua fotografia como parte da mostra.

O projeto estará em cartaz até o dia 28 de fevereiro de 2015 no Museu da Diversidade Sexual, que fica dentro da estação República do Metrô em São Paulo.

Por meio de modelos masculinos caracterizados como a artista mexicana, a fotógrafa Camila Fontenele de Miranda, idealizadora do projeto, captura as conexões existentes entre arte, identidade de gênero e comportamento social, uma referência à própria história de vida da pintora e seus autorretratos reconhecidos pela inversão de papéis.

“Todos Podem Ser Frida” ainda conta com uma intervenção fotográfica, permitindo que o visitante se transforme na própria Frida e, depois, tenha seu retrato incluso na exposição. Para os interessados em participar, os maquiadores estarão no Museu nos dias 15, 16, 22, 23, 29 e 30 de novembro e 06, 07, 13 e 14 de dezembro, entre 14h e 19h. À ocasião, será preciso assinar um termo de cessão de uso de imagem.

Ficha Técnica
Exposição: “Todos Podem Ser Frida”
Fotografias: Camila Fontenele de Miranda
Curadoria: Jefferson Duarte e Renato Ribeiro
Concepção: diversa, arte e cultura
Projeto gráfico: Cláudia Warrak e Raul Loureiro
Apoio: MAM

SERVIÇO:
Museu da Diversidade Sexual
Exposição: “Todos Podem Ser Frida”
Quando: de 12 de novembro de 2014 28 de fevereiro de 2015
Onde: Estação República do Metrô – Piso Mezanino, loja 518
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 20h

Fórum de Turismo LGBT Top

Escrito por alexbernardes