in ,

CuteCute LoveLove

Empreendedorismo LGBT+: Conheça o Pão Que O Viado Amassou

Empreededorismo LGBT: O pão que o diabo amassou

Em tempos de crise, apostar na criatividade é fundamental, e isso o empreendedorismo LGBT+ tem de sobra.

O exemplo de sucesso vem de Curitiba. O ator, DJ e professor de teatro, Gabriel Castro, viu sua fonte de renda despencar com o avanço da pandemia do novo corona vírus. A solução foi se reinventar. Com experiência praticamente nula na produção de pães, Gabriel abriu uma pequena padaria na cozinha do seu apartamento e passou a produzir diariamente uma centena deles.

O nome, “O Pão Que O Viado Amassou”, veio de uma conversa informal com uma amiga. Segundo Gabriel, apesar de já ter ouvido alguns comentários preconceituosos, a aceitação do público, num geral, foi positiva.

+Havaianas Pride: Diretora de Marketing esclarece polêmica com oito cores

+Festival Plural – Música e Diversidade – Agita o mês de Julho

+Eleições 2020: a importância de votar em candidatos LGBT+

Inicialmente, sua estratégia de marketing foi a distribuição gratuita para os amigos mais próximos. Após a aprovação dos mais chegados, foi a hora de abrir para as vendas. O projeto deu tão certo que em menos de três meses a padaria já teve que migrar para uma cozinha maior.

empreendedorismo LGBT

Para o portal Universa, Gabriel ainda brincou: “Coincidência, acaso ou benção, nossa padaria nasceu dia 20 de abril, dia do aniversário da Cher”.

Com o aumento do volume de pedidos, a equipe também teve que crescer. Hoje, o empreendimento conta com um auxiliar na cozinha e mais dois ajudantes no chamado “Gabinete do Glitter”, departamento que organiza os pedidos. Além disso, “Pão que o Viado Amassou” já conta com seus próprios entregadores. Toda equipe é formada por LGBT+ que tiveram seus empregos paralisados com a quarentena.

View this post on Instagram

EU SEI QUE EU SOU BONITA E GOSTOSA, EU SEI QUE VOCÊ ME OLHA E ME QUEER Autoestima é tudo, né gurias? Mas também não tem como não ficar com a confiança lá no alto incorporando As Frenéticas enquanto come um Pão Branco Rústico bafo desse! Deu vontade? Pede pra gente! Olha só as opções da semana: Pão de milho → R$ 11 Pão rústico branco (redondo) → R$ 12 (vegano) Pão rústico integral (forma) → R$14 (vegano) Pão de azeitonas → R$ 22 (vegano) Pão de batata → R$13 E as focaccias: Alecrim e sal grosso→ R$21 (vegano) Tomate cereja, manjericão e parmesão →R$22 Nozes e gorgonzola →R$35 Pra pedir é só acessar o link que tá no perfil ou ir até bit.ly/opaoqueoviadoamassou #PraHeteroVer: “Perigosa” foi uma das músicas de maior sucesso do grupo As Frenéticas, uma girl band MARAVILHOSA dos anos 70 que cantava a música tema da novela Dancin’ Days. #PraCegoVer: Uma foto de dois Pães Rústicos Brancos rebolando num palquinho de madeira.

A post shared by O Pão Que O Viado Amassou (@opaoqueoviadoamassou) on

Vila Galé – Fortaleza

Escrito por alexbernardes