in

Ecoturismo LGBT no Brasil é destaque em publicação internacional

image002
Foto: Divulgação

Ecoturismo LGBT no Brasil  é destaque em publicação internacional

A  publicação inglesa Gay Star News desembarcou em Florianópolis e compilou dicas de como curtir ao máximo uma estadia na capital do surfe. As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur) esta semana.

Os sabores do País foram o destaque da reportagem: “Pegar onda é uma atividade física intensa, portanto se alimentar bem é fundamental para aproveitar a experiência da melhor forma. No quesito gastronômico, aliás, o Brasil surpreende com as infinitas opções de feijoadas, frutas tropicais, além do tradicional pão de queijo. Para quem procura praticidade, as pizzarias da região oferecem alternativas sem igual”, elogia.

No Brasil, o perfil LGBT movimenta R$ 150 bilhões por ano. Com renda per capta acima de R$ 3 mil, 47% desse público pertence à classe AB. A Gay Star News apontou que, graças à receptividade e ao “clima perfeito que dura o ano todo”, as estações brasileiras ganham em disparado do verão europeu: “Poder fugir da primavera do Reino Unido para um glorioso clima tropical pode ser a melhor decisão de um turista. Para quem mora no hemisfério norte, ter o Brasil como zona de escape é maravilhoso”, conclui.

Considerada a nova “metrópole gay” do Brasil, Florianópolis é a terceira rota mais visada por turistas queer no País, ficando atrás apenas de Rio de Janeiro e São Paulo. Além da capital catarinense, o Rio é apontado como o grande destino de sol, praia e ecoturismo que aposta nesse público, seguido de Puerto Vallarta e Cancún, ambos no México.

De acordo com o coordenador de Inteligência Competitiva da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Bruno Reis, o reconhecimento da Gay Star News à Santa Catarina como polo internacional de ecoturismo para o público LGBT prova que o segmento é promissor e deve aquecer cada vez mais a economia do País: “O ideal é compreender que existem diferentes graus de diversidade no perfil de cada consumidor e, por isso, devemos estar atentos a essas especificidades”, orienta.

Ecoturismo

O Ecoturismo e Turismo de Aventura movimentam US$ 265 milhões no mundo anualmente, de acordo com o Anuário Estatístico do Ministério do Turismo. Entre os destinos brasileiros preferidos no País, estão Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu, Manaus, Bonito e Pantanal. Em 2015, 575 mil norte-americanos vieram ao Brasil, buscando principalmente itinerários de praia, ecoturismo e cultura. O Reino Unido se destaca no valor gasto com turismo de lazer no Brasil, com uma média diária de U$ 106 por viajante.

Fórum de Turismo LGBT Top

Escrito por alexbernardes