in ,

Congresso Nacional é iluminado com as cores da bandeira LGBT+

congresso nacional

Pela primeira vez na história, o Congresso Nacional foi iluminado com as cores do arco-íris, símbolo que representa a luta da comunidade LGBT+.  A projeção na fachada do prédio ocorreu para celebrar o Dia Mundial do Orgulho LGBT, comemorado nesse domingo, dia 28 de Junho.

A inciativa partiu do coletivo Brasília Orgulho, responsável por organizar a Parada do Orgulho LGBT de Brasília. Para conseguir que fosse realizado, o projeto contou com o apoio do senador Fabiano Contarato ( Rede – ES) , que conseguiu a autorização com a Primeira Secretaria da Casa do Senado.

+Representantes do Turismo LGBT + reagem a fala do presidente da Embratur

+25 de Junho, Dia da Bandeira LGBT +. Conheça a história e o significado desse símbolo multicolorido

+Conversas sobre Orgulho LGBT+ duplicam em 2020 no Twitter

Em uma entrevista para o site Universa, Welton Trindade, coordenador do coletivo Brasília  Orgulho afirmou:  “A Parada não pode estar nas ruas, mas o Orgulho sim”.

De acordo com Trindade, o ato foi uma maneira criativa de substituir o Festival Brasilia Orgulho, evento com diversas atividades que aconteceria em frente ao Congresso Nacional, juntamente com a Parada do Orgulho LGBTI da Capital Federal. O evento teve que ser cancelado por conta da pandemia do covid-19.

No seu perfil em uma rede social, Contarato declarou: “ Ver o arco-íris projetado no Congresso Nacional é, simbolicamente, avançar em um espaço que tem negado direitos de cidadania plena a nós, LGBTI+. Nenhuma lei federal foi aprovada por este Congresso Nacional. Tudo que obtivemos veio de lutas e conquistas no judiciário! Mas precisamos das leis federais e nisso a visibilidade é um importante caminho. As pessoas têm que  entender que a orientação sexual não define caráter”.

Outro apoio muito importante veio  da Aliança Nacional LGBTI, uma organização pluripartidária da sociedade civil que busca promover a defesa dos direitos humanos, principalmente da comunidade LGBTI. A organização é liderada pelo ativista Toni Reis.

Em nota oficial, a Aliança Nacional LGBTI parabeniza o Congresso Nacional e agradece o presidente do Sanado, Davi Alcolumbre, e ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Além dos agradecimentos, Reis ainda escreveu: “Há uma luz no Congresso Nacional brasileiro, e essa luz é a luz do arco-íris da diversidade. É um fato histórico que pode iluminar os caminhos dos/das parlamentares para aprovarem proposições que estão na casa legislativa há 20 anos, como a criminalização da LGBTIfobia e o casamento igualitário.”

O ativista Eliseu Neto, coordenador do grupo Diversidade23 e colaborador do projeto acredita que ação vem para mostrar força e organização por parte da comunidade LGBT. Em seu perfil no Twitter, Neto celebrou:  “Conseguimos, pela primeira vez na história, foi iluminado o congresso nacional nas nossas cores. Nunca aprovamos um projeto de lei para a população LGBTI aqui, mas a gente vai conseguir. Essas cores aqui são para iluminar os parlamentares, iluminar os caminhos deles, para mostrar nossas cores, para mostrar que a gente tem muita força, que a gente está em todos os lugares.”

Axel Miami – Banner

Escrito por alexbernardes

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0