Alan Turing é o mais novo rosto da nota de 50 libras

Alan Turing é o mais novo rosto da nota de 50 libras

Considerado o pai da computação moderna, Turing que foi nomeada a figura mais “icônica” do século 20 no início deste ano, estará no novo design da nota do Banco da Inglaterra.

Esta será a nota final para passar do papel para o polímero e as pessoas poderão começar a usá-lo a partir do o final de 2021.

Quem foi Alan Turing

Vila Galé – Fortaleza

O inglês Alan Turing nasceu em Paddington, Londres, em 1912. Viveu até os 42 anos e, neste período, o matemático acumulou diversos feitos, incluindo a descoberta do local exato onde as tropas nazistas estariam em 6 de junho de 1944, que culminou no desembarque de 155 mil soldados aliados na Normandia, fato que entrou para a história como Dia D.

Além de salvar a Inglaterra e o mundo da Segunda Guerra Mundial, ele também é considerado o pai da computação por ter criado a base fundamental dos estudos de inteligência artificial, tendo com isso prestado muitos anos de serviço à Rainha decifrando códigos para o governo inglês. Mas nada disso impediu que ele fosse processado, condenado, preso e severamente punido por ser gay.

Considerado como uma das mentes mais brilhantes do século 20, em um de seus artigos, sobre números computáveis, ele defendeu que existem problemas que não têm solução e que nem toda afirmação lógica está apta a ser comprovada a partir de qualquer sistema formal da matemática. A conclusão contradizia a teoria do matemático David Hilbert, que acreditava ser impossível existir na matemática algo cuja verdade nunca pudesse ser descoberta.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Turing idealizou um processo mecânico que conseguiu dizer quando um procedimento lógico poderia ser comprovado ou não. Foi assim que nasceu a Máquina de Turing, um aparelho hipotético que mudaria de função conforme a necessidade, baseando todo seu funcionamento em um grande número de cálculos em sistema binário permitindo definir e, quando possível, resolver problemas por meio de uma sequência de etapas. Isso originou a lógica do algoritmo e de toda a computação moderna.

Em 1952, Turing foi condenado por atos homossexuais e indecência após admitir seu relacionamento com outro homem. Para escapar de ser preso, aceitou a punição por castração química. Como se não bastassem as injeções que lhe retiraram a libido, provocaram impotência e outras doenças, Turing foi impedido de seguir seu trabalho como consultor de criptografia para o governo (por ter perdido a permissão de acesso a informações confidenciais) e proibido de entrar nos EUA. Morreu por envenenamento em 1954, aos 42 anos. Até hoje não se sabe se ele se suicidou, se ingeriu acidentalmente o veneno ou se foi assassinado.

A Lei Turing

O matemático foi mais um na lista de quase 50 mil homens detidos por serem homossexuais na Inglaterra. Até 1967, ser homossexual lá e no País de Gales era crime passível de prisão. A Escócia só descriminalizou as relações homossexuais em 1980, e a Irlanda em 1982. Desde meados dos anos 2000, no entanto, a Inglaterra tenta contornar os graves efeitos de tais leis, com o reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo, a legalização do casamento homossexual e outras medidas que banem e punem todo tipo de discriminação.

No dia 31 de janeiro de 2017, uma nova lei entrou em vigor e anulou tais condenações, “perdoando” os “crimes” passados. Ela foi batizada como Lei Turing, em homenagem ao matemático que já havia recebido o perdão da Rainha em 2013, quando a Inglaterra enfim legalizou o casamento homossexual. Antes, em 2009, o então primeiro-ministro Gordon Brown havia publicamente feito um pedido de desculpas oficial pela maneira “aterradora” com que o cientista foi tratado.

Leia Também:

Hotel em Miami: Rede Axel Hotels inaugura unidade com super promoção. Confira!

Agência de viagens lança evento de ecoturismo para turistas LGBT

Desde sua morte, Turing passou a receber uma infindável coleção de reconhecimentos das mais importantes universidades e organizações do mundo pela importância de seu trabalho. Desde 1966 um prêmio que leva o nome do matemático é oferecido pela Associação para Maquinaria da Computação, de Nova Iorque (EUA), para as maiores contribuições teóricas e práticas na comunidade da computação. A importância do prêmio é tão grande que ele é equiparado ao Nobel do universo da computação.

Vale ressaltar que a iniciativa do governo inglês de reparar publicamente os erros do passado é uma importante conquista.

 

 

Deixe um comentário