Fort Lauderdale será sede da primeira Pride of the Americas em 2020

Fort Lauderdale será sede da primeira Pride of the Americas em 2020

Por Alex Bernardes

Durante a 35ª  Convenção Global Anual da Associação de Turismo Gay e Lésbico (IGLTA), realizada semana passada em Toronto, no Canadá, o Greater Fort Lauderdale CVB anunciou a primeira celebração do Pride of the  Americas, que acontecerá de 17 a 26 de abril de 2020. Conversamos com J.W. Arnold, que gerencia o Marketing & Public Relations da  Pride de  Fort Lauderdale, sobre essa nova e empolgante novidade.

“Esta é a primeira vez que o Pride of the America será realizado. Nós nos candidatamos a sediar o World Pride em Fort Lauderdale e não fomos escolhidos. Mas decidimos: que grande oportunidade de levar todo esse trabalho, a criatividade e o planejamento para transformá-lo em um evento que as pessoas possam desfrutar. E como a Europa tem o EuroPride a cada dois anos, pensamos: por que não criar um festival que as pessoas possam ter no Hemisfério Ocidental a cada dois anos?” contou Arnold.

“Então, pode ser em Fort Lauderdale, em 2020, mas pode ser no Brasil ou na Argentina ou no Chile, ou na Costa Rica ou no Canadá, dois anos depois. Nós realmente analisamos os tipos de eventos que podemos oferecer. Felizmente, estamos em um destino de praia, então vamos ter uma grande festa na praia. Além disso, teremos uma conferência de artes cênicas e uma conferência de direitos humanos”, incrementou.

Para Richard Gray, Vice Presidente de mercado LGBT do Greater Fort Lauderdale CVB, o mercado brasileiro será estratégico para o sucesso do evento. “O Brasil é definitivamente um mercado muito importante para Fort Laudedale, e essa será uma grande oportunidade para os LGBT do Brasil que ainda não conhecem nossa cidade possam conhecer tudo que nosso destino tem para oferecer a nossa comunidade”, disse Gray.

O evento de dez dias contará com um festival de praia com entretenimento, desfile, fogos de artifício, festival de artes visuais e performáticas, conferência sobre direitos humanos, programas transgêneros de saúde e estilo de vida, expo de negócios, festas de dança para várias comunidades da comunidade LGBT. nos eventos de hospitalidade do Drive no Wilton Drive em Wilton Manors.

Para Arnold, a expectativa é de receber 350 mil pessoas em Fort Lauderdale Beach, o que faria do Pride of the Americas um dos maiores eventos LGBT da história da Flórida. “O destino tem uma rede hoteleira que comporta esse público. Então, estamos confiantes de que quem quiser sair e comemorar com a gente na praia será capaz”, disse ele.

Ainda segundo Arnold, a estratégia de divulgação do evento será por meio de parceiros em outros países para promover o evento e fazer promoções cruzadas.  “Temos a sorte de contar com o Greater Fort Lauderdale CVB que tem escritórios em Nova York, no Brasil e na Europa para nos ajudar a divulgar esse incrível evento. Temos a certeza que será um evento inesquecível.”

Deixe um comentário