Turismo LGBT: Portugal lança sua primeira campanha focada no segmento

Turismo LGBT: Portugal lança sua primeira campanha focada no segmento

O Turismo LGBT ganha mais um reforço. Eleito pela terceira vez como melhor destino turístico do mundo em 2019, Portugal se tornou um case de sucesso para o turismo global. Em poucos anos o país deixou para trás sua imagem arcaica para circular entre os países mais descolados e atrativos para os viajantes. Em 2018 Portugal recebeu cerca de 22,8 milhões de turistas, um crescimento de 7,5% em comparação ao ano anterior.

Mas, a ambição portuguesa não pára por aí. Recentemente o destino foi eleito também o quarto país mais seguro do mundo para turistas LGBT, ficando atrás apenas de Suécia, Canadá e Noruega, uma ótima notícia para quem busca se destacar neste segmento. Dados da Organização Mundial do Turismo indicam que o Turismo LGBT representa 10% do movimento mundial, mas responsável por 15% da movimentação financeira do setor, algo que desperta o interesse de muitos destinos.

Turismo LGBT
A campanha inclui cenas com família LGBT

 

Vila Galé – Fortaleza

O fato é que estar entre os principais destinos turísticos para LGBT não foi uma tarefa assim tão simples. Ao longo dos anos, o país desenvolveu várias iniciativas de proteção aos cidadãos LGBT, além da criação do Variações, uma associação de empresários do segmento que tem como objetivo fomentar os negócios do setor, atraindo investimentos e trazendo oportunidade de desenvolvimento humano e econômico. Veja entrevista com o presidente da Variações.

Canadá, Portugal e Suécia são os mais amigáveis ​​para viajantes LGBT+
Em busca do mercado LGBT, Portugal entra na corrida para receber a EuroPride 2022

Turismo LGBT
A campanha inova trazendo casais LGBT da melhor idade

 

Trabalho com foco no Turismo LGBT

Uma das investidas iniciais do Variações foi lançada recentemente. A campanha “Proudly Portugal” acaba de ser lançada e já causou uma ótima impressão. Bem planejado, o vídeo da campanha traz uma Portugal moderna e acolhedora, onde o turista LGBT é retratado na sua pluralidade, incluindo os gays de mais idade, que quase nunca são lembrados nas campanhas, até mesmo de destinos já tradicionais para esse segmento.

Confira o vídeo abaixo:

 

Deixe um comentário