Uso de nome social é garantido pela Unidade da Saúde da Família e Comunitária em Itajaí SC

Uso de nome social é garantido pela Unidade da Saúde da Família e Comunitária em Itajaí SC

Itajaí – Os guichês de atendimento da Unidade de Saúde da Família e Comunitária (USFC) da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) expõem pôsteres informativos e coloridos que destacam “Como você quer que te chame?”.

A estratégia, aliada à abordagem inclusiva da equipe que atua na unidade, é utilizada para garantir o direito de pessoas travestis e transexuais de usarem o nome social.

A medida baseia-se no Decreto nº8.727, de 28 de abril de 2016, que dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e funcional.

Vila Galé – Fortaleza

Transempregos: cresce empregos formais a travestis, transexuais e crossdressers

Maior conferência do mundo para pessoas trans acontece em Fort Lauderdale em agosto

Uber oferece oportunidade de emprego para profissionais trans

De acordo com a professora Clarice Maria Specht, enfermeira e coordenadora da USFC, os profissionais e acadêmicos que atuam na unidade estão cientes de que se trata de um direito do usuário. Por isso, o grupo foi orientado e preparado para atender de maneira adequada e inclusiva a todos. “Para concretizar e reforçar ainda mais essa proposta, pedimos ajuda da área de tecnologia da informação da Univali.

Eles avaliaram, fizeram um ajuste na ficha de identificação usada para abertura de prontuários novos no sistema, no qual sinaliza além do nome de registro oficial, o nome social que o usuário deseja ser chamado”, afirma.

Deixe um comentário