Um paraíso para os apreciadores do bom café

Um paraíso para os apreciadores do bom café

Por Jorge Carvalho
(fotos: divulgação)

Os amantes de um bom café, que moram ou estão de passagem por Salvador, têm uma excelente opção de lugar para saborear a segunda bebida mais consumida no Brasil e no mundo, depois da água, é claro. Inaugurado há menos de um ano, o Ravel Café, localizado no bairro da Pituba, oferece preparos em versões variadas, seja de maneira tradicional ou com ingredientes que realçam o sabor e agradam aos paladares mais exigentes.

Com decoração moderna e elegante, projeto do arquiteto colombiano Fernando López Sánchez, o Ravel é um daqueles lugares que abraçam a diversidade e onde o cliente se sente à vontade assim que chega. No local, livros e revistas estão disponíveis para leitura, acompanhada de um bom café. E para quem ficou curioso, a origem do nome foi mesmo o “Bolero”, famosa obra do compositor francês Maurice Ravel.

Selma Lemos, proprietária do Ravel, uniu a paixão pelo café e o projeto de ter o próprio negócio, para criar um espaço acolhedor, onde todos os públicos são bem-vindos.  Formada em administração, ela fez curso de barista e está sempre pronta a esclarecer dúvidas dos clientes sobre os diferentes tipos de grãos, torras e formas de preparo.

O Ravel tem como proposta apresentar aos frequentadores a chamada “Terceira Onda do Café”, movimento presente nos Estados Unidos e Europa, que busca satisfazer a exigência crescente dos consumidores por qualidade, valorizando o café como um produto artesanal e não apenas como mercadoria.

Segundo a empresária, o conceito da “Terceira Onda” busca primar pela excelência na qualidade e envolve todas as fases de produção, desde o cultivo, passando pela colheita, processamento, torras e, principalmente, por uma forte relação com os produtores, através de um comércio justo e sem pressões por preços baixos, prática muito comum por parte das grandes indústrias do segmento.

Quem for ao Ravel não pode deixar de provar o “Café dos Três”, um blend que contém três variações de cafés de Piatã, cidade localizada na Chapada Diamantina, na Bahia, que vem se destacando pela produção de grãos de alta qualidade, reconhecidos e premiados em concursos internacionais. Para agradar ao paladar das crianças, a casa oferece o Ravelito, um milkshake feito com café e sorvete.

Além do café nas mais variadas formas de preparo, os clientes também contam com um cardápio diversificado, onde podem escolher uma das opções de almoço executivo, ou algum dos muitos petiscos, como os doces e quiches preparados pela chef Renata Nunes.

Tem também o bolo de tapioca, receita de família cujo segredo, Selma garante não revelar nem sob tortura. Existem ainda as sugestões saudáveis como a coxinha de linhaça, que é assada, não contém farinha branca e nem lactose, ou o bolo vegano, que leva chocolate com 70% de cacau, e é delicioso.

Serviço

Ravel Café
Terça à sexta, das 12h às 21h.
Sábados e domingos, das 15h às 22h.
Rua Alexandre Herculano, 69, Pituba.
Telefone: (71) 3032-1555

 

Deixe um comentário