Canadá determina que direitos LGBT devem se sobrepor a crenças religiosas

Canadá determina que direitos LGBT devem se sobrepor a crenças religiosas

A Suprema Corte do Canadá, em uma decisão inédita, determinou que crenças religiosas, apesar de deverem ser respeitadas, não poderão sobrepor os direitos LGBT.

A decisão foi tomada contra a Universidade de Trinity Western, na Colúmbia Britânica (BC). Nela, foi identificada a interferência religiosa na vida pessoal dos alunos. A universidade quis penalizar dois estudantes do gênero masculino por ter um relacionamento em suas dependências.

Além disso, a Trinity Western fez com que os alunos prometessem não fazer sexo extraconjugal ou gay. Medida que, segundo a Suprema Corte, fere o direito individual dos estudantes.

Segundo informações da BBC, a universidade teria alegado que é uma instituição evangélica. Por isso, os dois estudantes evitar a manifestação pública de afeto. No entanto, os relacionamentos heterossexuais eram permitidos sem retaliações.

Direitos LGBT protegidos

Após os estudantes buscarem seus direitos, a justiça determinou que LGBTs devem ter seus direitos protegidos da discriminação. Portanto, que isso deve se sobrepor à liberdade religiosa. Com a aprovação da medida, ela servirá de jurisprudência para qualquer discriminação a LGBTs com base em religião no país.

Leia mais notícias aqui.

Deixe um comentário