Vivianne Pasmanter e Marcello Airoldi vivem um triangulo amoroso em “Amor Profano”

Vivianne Pasmanter e Marcello Airoldi vivem um triangulo amoroso em “Amor Profano”

Vivianne Pasmanter e Marcello Airoldi interpretam um casal que vive uma instigante história de amor. Um triângulo amoroso no qual Deus surge como o terceiro protagonista em “Amor Profano”, que estreia no dia 12 de outubro no Teatro Vivo, com temporada até 25 de novembro. 

Na história, Hannah e Zvi se reencontram pela primeira vez após 20 anos do seu traumático divórcio. Ambos foram criados numa comunidade ultra-ortodoxa judaica em Jerusalém. O casamento acabou quando Zvi, em uma crise de fé, resolveu abandonar as leis religiosas e seguir uma vida secular em Tel Aviv.

Nesse reencontro, os dois terão que finalmente confrontar o amor, a fé, suas escolhas e seus temores mais profundos. O despertar da paixão e o desejo entre os dois é inevitável, mas poderá o amor verdadeiro superar a fé e as diferenças religiosas?

“Amor Profano”, com direção de Einat Falbel, trilha composta pela cantora e compositora Fortuna, cenários e figurinos de Zé Henrique de Paula e iluminação de Yuri Cumer, surpreende a plateia provocando uma profunda reflexão sobre a complexidade humana.

A partir do conflito intrigante desse casal a peça causa identificação sobre o problema da incomunicabilidade nas relações humanas, dimensionando questões universais que afetam o mundo contemporâneo.

Deixe um comentário