1° Parada LGBT de São Conrado promoverá ato contra intolerância religiosa

1° Parada LGBT de São Conrado promoverá ato contra intolerância religiosa

Segundo a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), o Estado do Rio registrou aumento de 56% no número de casos de intolerância religiosa em comparação aos quatros primeiros meses de 2017.  Para dar mais visibilidade ao combate a este crime, os organizadores da 1° Parada LGBTI de São Conrado, que acontecerá neste domingo(23), estão convocando membros de todas as religiões para um ato durante a marcha.

O evento, que terá shows de Valesca Popozuda, Gabily, Inês Brasil, entre outras, tem o apoio da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio. Os organizadores esperam receber 1 milhão de pessoas.

A Prefeitura vai disponibilizar toda estrutura dos órgãos municipais, além de isentar o evento de todas as taxas, como por exemplo, Guarda Municipal, CET-RIO, Comlurb, Assistência Social, Secretaria de Saúde, entre outras.

A concentração acontece a partir das 13h, no Posto 13 da Praia de São Conrado – Posto 13 e seguirá até o Hotel Intercontinental.

Deixe um comentário