1º Encontro Internacional de Turismo LGBT é destaque na Andaluzia

1º Encontro Internacional de Turismo LGBT é destaque na Andaluzia

A região de Andaluzia na Espanha recebe a partir desta sexta-feira (1) profissionais de turismo ligados ao segmento LGBT para um encontro que tem o objetivo de promover o destino como LGBT Friendly. Os profissionais são de 20 países diferentes, incluindo o Brasil.

A Primeira Reunião Internacional de Turismo LGBTI da Andaluzia foi aberta pelo Secretário do Turismo e Desporto da Anadaluzia, Francisco Javier Fernández, na cidade de Torremolinos (Málaga). “Nosso objetivo é tornar a Anadaluzia numa referência no Turismo LGBT Mundial, já que nosso destino já é famoso na Espanha e jpa recebe turistas LGBT” , comentou Fernandéz.

O evento é organizada conjuntamente pelo Ministério do Turismo e Desporto de Anadaluzia, a Câmara Municipal de Torremolinos e Turespaña, e visa melhorar o conhecimento nacional e internacional dos recursos oferecidos pela Andaluzia para este segemento e promover o marketing on-line, favorecer a criação de produtos e , consequentemente, aumentar o número de viajantes LGBTI para o destino.

Francisco Javier Fernández destacou que, de acordo com dados da Organização Mundial do Turismo (OMC), 10% dos turistas que viajam anualmente no mundo pertencem a este grupo e ressaltaram que suas principais características deste segmento são o alto custo médio (alguns 113 euros), bem acima do resto, sua capacidade dessazonada e a alta fidelidade desse tipo de visitantes.

Além disso, o conselheiro destacou que esses turistas têm outra característica qualitativa muito importante porque “eles não são escolhidos em nenhum segmento clássico, mas procuram a oferta mais ampla possível”, do “citybreak” ou da cultura, à gastronomia e à natureza.

O segmento LGBTI é um dos mais especializados no setor de turismo mundial e na Espanha, houve um aumento de mais de 28% no número de visitantes no último ano. A nível nacional, a Andaluzia é um dos destinos favoritos desses turistas, sobretudo devido ao clima de tolerância e normalização que existe em nosso país em geral e na comunidade autônoma em particular.

Por sua vez, o prefeito de Torremolinos, José Ortiz, definiu o município como uma “cidade aberta” e destacou seu caráter pioneiro como destino neste segmento desde os anos 60, com a abertura do primeiro pub gay e com uma carreira que agora se consolidou como um “benchmark”, com uma oferta que hoje reúne cerca de uma centena de estabelecimentos especializados.

Buyers e Suppliers

A reunião inclui um dia buyers e suppliers composta por 55 representantes das oito províncias e a demanda internacional, composta por 43 operadores especializados em turismo LGBTI de países como Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Colômbia , Dinamarca, Espanha, EUA, Finlândia, França, Holanda, Israel, Itália, Japão, México, Noruega, Reino Unido e República Tcheca.

Além disso, workshops estão sendo apresentandos com mas ofertas de hotelaria, rotas, visitas culturais, experiências, praias, passeios ecologicos, gastronomia, lazer e receptivos.

Deixe um comentário