Rio CVB e IGLTA promovem o Rio como destino LGBT

Rio CVB e IGLTA promovem o Rio como destino LGBT

Após representar a cidade durante a entrega do título de Melhor Destino de Praia LGBT da América Latina e apoiar a 21ª Parada do Orgulho LGBT, em Copacabana, o Rio CVB, em conjunto com a IGLTA, investem na captação do Gay Games 2026, considerado os Jogos Olímpicos do segmento. Com doze dias de competição e média de 15 mil atletas, o evento tem o potencial de injetar na economia carioca cerca de US$ 40 milhões (dólares), segundo os cálculos do Rio CVB.

“Devemos investir cada vez mais neste mercado, que gera divisas e valoriza toda a estrutura do turismo. Para se ter uma ideia, apenas a Parada LGBT da vizinha São Paulo gera cerca de R$ 200 milhões para a indústria e representa 75% da ocupação dos hotéis da Avenida Paulista e do Centro paulistano. Vamos trabalhar para captar outros eventos e, juntos com a IGLTA, transformar o Rio no principal destino sul-americano LGBT”, enfatiza Alfredo Lopes, presidente do Rio CVB.

Com base nos dados anuais da OMT, a International Gay and Lesbian Travel Association estima que o turismo internacional LGBT movimenta, por ano, cerca de US$ 100 bilhões (dólares).

Axel Miami – Banner

Para o CEO da IGLTA, John Tanzella, a parceria entre as entidades terá um papel fundamental para destacar o Rio entre os destinos mais procurados pelo público LGBT. “O Rio de Janeiro já tem uma reputação consolidada entre os turistas como um dos principais destinos LGBT da América do Sul, porém é necessário potencializá-lo ainda mais. Sem dúvida, com esta parceria, aumentaremos o compromisso com o nosso mercado”, explica.

De acordo com o coordenador do IGLTA no Brasil, Clóvis Casemiro, a associação trabalha em conjunto com vários CVBs ao redor do mundo.  “O objetivo das parcerias é o de incrementar o tráfego e intensificar os destinos que são Gay Friendly, de uma forma planejada e com objetivos concretos”, comenta.

Da Redação

 

Deixe um comentário