Tamara Mascara apresenta os melhores lugares gays em Viena para os turistas brasileiros

Tamara Mascara, a Drag Queen mais famosa da Áustria nos leva a um roteiro exclusivo onde ela apresenta os lugares mais desejados pelos turistas gays em Viena

lugares gays em Viena
Tamada Mascara arrasando na pick up no Ken Club

 

O dia começa perfeito na metrópole do Danúbio. Uma extensa maratona de compras na Mariahilferstrasse não pode faltar, é claro.

Para fazer uma pausa, há o Phil na Gumpendorferstraße: Eu amo esse lugar. Ele é livraria, cafeteria e bar em um só local. Os estudantes e descolados o adoram”, diz a Drag.

E para terminar o tour de compras de forma confortável, pode-se visitar o Felixx, virando a esquina, o bar é uma delicia, um dos melhores bares gay da Europa”, ressalva Tamara.

lugares gays em Viena
Phil Café e Livraria

Depois de guardar as compras e se arrumar, a nossa noite com Tamara Mascara começa com um jantar no restaurante giratório Restaurant am Donauturm – o ambiente super exclusivo oferece um panorama de 360 graus da bela capital austríaca. Enquanto jantamos e apreciamos a vista maravilhosa da cidade, Tamara nos brinda com sua companhia deliciosa e dá dicas de lugares gays para frequentar na cidade imperial.

lugares gays em Viena
Jantando no Restaurant am Donauturm

 “Para quem quer um jantar mais despojado recomendo o Café Berg – ele é totalmente gay friendly. Agora, se você não dispensa uma glam, a dica é passar no The Bank Brasserie. O restaurante fica numa antiga sede bancária. Pratos requintados e excelentes drinques são oferecidos em um ambiente único”, diz Tamara Mascara entre um prato e outro servidos com toda pompa e tradição que a Viena possui.

Outra dica especial para os turistas gays brasileiros é o Das Augustin. De acordo com Tamara Mascara, “A comida é boa, e os preços razoáveis e um ambiente acolhedor – o local tem até um gato próprio. O que vocês acham, não é demais!?”

lugares gays em Viena
The Bank Brasserie

Com as energias renovadas, continuamos pela noite de festa. Nossa primeira parada é no Palmenhaus im Burggarten. O ambiente imperial oferece bebidas que não ficam para trás. Tamara Mascara nos recomendou também outro bar super bacana.

 “Sei que brasileiros adoram bebidas finas a bons preços. Vocês tem que conhecer o The Sign. Os drinques são luxo puro, todos criados pelo premiado barman Kan Zuo. Mas é bom fazer reserva, o local é super disputado”, diz ela.

 A noite continuou e Tamara Mascara nos leva para a lendária cafeteria gay, o Savoy, no Naschmarkt.

Esse lugar é para quem gosta de algo mais aconchegante antes de sair pra dançar, aqui se desfruta de um chocolate quente com rum maravilhoso. Eu simplesmente adoro”, confessa a drag.

lugares gays em Viena
Savoy Café

Tamara ainda comenta com aquele ar de conselheira maliciosa: “Mas outra característica que eu conheço bem dos brasileiros é que vocês adoram uma paquera. Por isso, a perita aqui vai levá-los para o Village Bar”.

O ambiente bem descolado realmente é o point da paquera na cidade. O bar está cheio de locais e turistas solteiros em busca de diversão e de um bom flerte.

lugares gays em Viena
Village Bar

Tamara ainda nos recomenda visitar o link abaixo para saber mais sobre a noite de Viena.

“Nesse link, o turista gay brasileiro poderá saber todos os points gays e lésbicos de Viena, e escolher o que fazer desde cedo até madrugada a dentro. Não tem erro”: lesbischwww.wien.info/de/wien-fuer/schwul-/cafes-bars-restaurants

Depois de um pit stop estratégico para retocar a maquiagem, vamos para o ponto alto da noite: A festa burlesca Imperial Madness. Organizada aproximadamente a cada três meses no Volksgarten Säulenhalle, a festa é uma das favoritas dela. De cara já percebemos que ela reina no ambiente. Rapidamente a bonita se mistura aos boys na pista de dança.

lugares gays em Viena
Momento da selfie para registrar a noite inesquecível

Entre sorrisos e gargalhadas na pista, Tamara Mascara nos diz: “Eu adoro e também recomendo a The Circus na Wiener Arena. É a maior festa gay da Áustria, com programas internacionais e shows arrebatadores – algo imperdível para qualquer visitante gay em Viena!”.

Depois de um close certo na The Circus, Tamara nos leva para a festa “Why Not”. O clube é pequeno e despojado, parece ser desses locais exclusivos que só quem mora ou tem um amigo em Viena sabe que ele existe. Em meio a beijos e abraços dos frequentadores da casa, Tamara revela: “Adoro esse Club, ele bomba toda sexta-feira e sábado”.

Já exaustos de tanta badalação, descobrimos que a drag também brilha como Dj. Tamara nos recomenda o Ken Club: “Vocês tem que conhecer o Ken Clube. É o clube pop mais descolado da cidade. Drag Queens em plataformas giratórias garantem uma atmosfera super divertida. Eu adoro e sempre sou chamada para tocar lá“, diz a DJ.

Então, a maratona se encerra na porta da Ken Club. Como uma verdadeira diva anfitriã, Tamara nos coloca Vip para dentro e se despede na portaria pegando um táxi, enquanto nós caímos na farra, curtindo o restinho de noite que sobrou.

Outros locais para gays e lésbicas que arrasam em Viena podem ser encontrados aqui: https://www.wien.info/de/wien-fuer/schwul-lesbisch/clubs

Para ver muitas outras dicas atuais de Viena e participar de sorteios legais, curta a fan page exclusivamente LGBT de Viena em:  https://www.facebook.com/gayfriendlyvienna

 Para obter mais dicas de compras, visite: https://www.wien.info/de/wien-fuer/schwul-lesbisch/einkaufen